Logo @njinh@Má®

Se alguma das Poesias lhe agradar, mande para as pessoas que você gostar, pelo seu e-mail, é só clicar no menu Arquivo do seu navegador, escolha Enviar e depois em Página por Correio Eletrônico. Ou através do seus programas de chat. Faça a sua homenagem em datas especiais, ou crie você um dia especial para homenagear.

Todos os textos dos poemas são de minha autoria, a cópia ou divulgação sem minha autorização, terá como conseqüência, procedimentos dentro das Leis de Direitos Autorais. Pois todos estão registrados. 

VOLTA

(Autoria: Márcia Homem de Mello)

Uma separação foi inevitável. 

Sonhos desfeitos, desejos insatisfeitos. 

Medo de viver, de amar, de desejar. 

Beijos gelados, fugas, desculpas. 

Apesar da saudade, da ausência, da minha agonia, 

nem pensar na volta. 

Pensar numa volta agora, 

é reviver uma linda história sem final feliz. 

Olhar em frente hoje,

 é buscar uma volta dos sentimentos e anseios. 

Aquela vontade de chorar da partida, 

se transforma em desejo de sorrir. 

Vou buscar retomar os instantes inesquecíveis da minha vida na memória. 

Poderei então dizer que demorei a voltar, 

mas que valeu o retorno. 

Viverei nessa busca eterna, 

ao meu lado e buscando estar ao seu lado.