Logo @njinh@Má®

Se alguma das Poesias lhe agradar, mande para as pessoas que você gostar, pelo seu e-mail, é só clicar no menu Arquivo do seu navegador, escolha Enviar e depois em Página por Correio Eletrônico. Ou através do seus programas de chat. Faça a sua homenagem em datas especiais, ou crie você um dia especial para homenagear.

Todos os textos dos poemas são de minha autoria, a cópia ou divulgação sem minha autorização, terá como conseqüência, procedimentos dentro das Leis de Direitos Autorais. Pois todos estão registrados. 

VEM

(Autoria: Márcia Homem de Mello)

Hei, vem me ver.

É, você mesmo.

O que está esperando?

Coragem, arrisque-se!

Quero você aqui.

Segurar sua mão com a minha.

Colar seu lábio molhado no meu.

Unir meu corpo ao teu.

Sentir você em mim.

Mostrar todo desejo.

Por que tantas perguntas?

Ciúmes desnecessários.

Não sou sua.

Você não é meu.

Mas nos pertencemos.

Esqueça a razão.

Seja puro instinto.

Minha alma grita e pede.

Vem!!!