Logo @njinh@Má®

Se alguma das Poesias lhe agradar, mande para as pessoas que você gostar, pelo seu e-mail, é só clicar no menu Arquivo do seu navegador, escolha Enviar e depois em Página por Correio Eletrônico. Ou através do seus programas de chat. Faça a sua homenagem em datas especiais, ou crie você um dia especial para homenagear.

Todos os textos dos poemas são de minha autoria, a cópia ou divulgação sem minha autorização, terá como conseqüência, procedimentos dentro das Leis de Direitos Autorais. Pois todos estão registrados. 

EMOÇÃO

(Autoria: Márcia Homem de Mello)

Nem o Dicionário Aurélio conseguiria explicá-la.

 É grande ou pequena, depende do momento.

Depende também de quem sente.

Só vivendo a emoção para entendê-la.

Quantos instantes de emoção já tivemos...

Foi lindo te ver a primeira vez. Mas, foi mais gostoso tocá-lo.

Foi intenso sentir você, mas foi difícil deixar de senti-lo.

Foi triste deixar você ir, mas foi emocionante ter você.

Como explicar em palavras, o que só eu senti naquela hora?

Como fazer da minha emoção máxima, a sua emoção?

Impossível. Ela é só minha. Você terá que buscar a sua!

E pena que você não consiga sentir a minha emoção.

Pois, jamais poderá saber o quão grande e gostosa ela foi e é.