TE PERDI

Senti que no mesmo instante em que te perdia, eu me perdia!

Tão perdidamente e num emaranhado tão grande,

Que eu não conseguia me encontrar.

Você, de alguma maneira, já fazia parte da minha vida.

Eu via em você meu guardião, meu anjo amigo, 

Era isso que você passava pra mim.

Com você perto de mim, eu me sentia forte, alegre, 

Com uma energia enorme, para enfrentar a luta do dia-a-dia.

É engraçado como somos carentes e frágeis, nos apegamos as pessoas, 

Como crianças que não sabem controlar suas emoções, seus impulsos.

Aprendi, com o tempo, a ter os mesmos gostos que você, 

Na comida, nos passeios, nas músicas, nas gírias.

Você comentava, eu aprendia.

Está difícil... Pena te perder.

Sinto sua falta ... Pena te perder.

O que será isso, essa mistura de sentimentos?

Paixão (Será?)

Obsessão (Será?)

Insegurança (Será?)

Capricho (Será?)

Amor (Será?)

Ilusão (Será?)

Seis ingredientes e ai? Se misturados...

Eu não sei dizer qual seria a resposta.

Só sei que como a canção do Roberto Carlos:

"Você é a saudade que eu gosto de ter"

Porque

"Você foi a mentira sincera, brincadeira mais séria, que me aconteceu"

Porque

"Só assim sinto você bem perto de mim, outra vez".

 

Estrela da Manhã(NCHM)

Direitos autorais NCHM

 

Se alguma delas lhe agradar, mande para as pessoas que você gostar, pelo seu e-mail, é só clicar no menu Arquivo do seu navegador, escolha Enviar e depois em Página por Correio Eletrônico. Ou através do seu ICQ, utilizando o menu de URL, disponível no nick das pessoas cadastradas. Faça a sua homenagem em datas especiais, ou crie você um dia especial para homenagear.

Voltar

E-mail Estrela da Manhã

Chat | Cálculo Trabalhista | Psicoterapia On Line | Turismo em Pernambuco | Família Homem de Mello | @njinh@Má®Poesias