HM25 dias de Motorhome pela Europa

PERÍODO DA VIAGEM: De 05 a 30/10/99 - BAIXA TEMPORADA - 25 dias

PAISES VISITADOS: ESPANHA / FRANÇA / ITÁLIA

 INSTRUMENTOS DE VIAGEM: MAPAS, GUIA DE CAMPINGS EUROPEU, ROTEIRO PRÉVIO

CAPACIDADE DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL: 70 litros

 DESPESAS COM:

* ALUGUEL DO MOTORHOME: Pesetas 14.000 X 25 dias = Pesetas 365.000 = R$ 4.500,00 aproximadamente (R$ 180,00 por dia)(Câmbio = PTS  80)

* KIT DE VIAGEM (roupa de cama/material de cozinha/limpeza/etc.) = Pesetas 15.000 = R$ 190,00 aprox.

 * COMBUSTIVEL - DIESEL: R$ 948,07

* PEDÁGIOS: R$ 459,72

* ALIMENTAÇÃO PARA DUAS PESSOAS:

Supermercado: R$ 455,63

LANCHES/DIVERSOS: R$ 149,63 ( Total = R$ 605,26 = R$ 24,21 p/dia)

* CAMPINGS ( 24 dias): R$ 801,39 (Média diária de R$ 33,39)

HM

VEÍCULO: MOTORHOME MILANO 53 T (VW Turbo Diesel) - ALUGADO POR EUROMOTORHOME

Capacidade para 4 pessoas, fogão de duas bocas, pia para lavar louça, frigobar, banheiro completo (pia-wc-ducha), cama de casal superior, mesa para 4 pessoas que se transforma em cama de casal, boiler, caixa d'água com capacidade para 100 litros, Radio cassete estéreo, armários diversos, extensão externa para conexão de eletricidade 220v, direção hidráulica. Duas baterias, uma para o veículo e outra para os serviços do MH.

TOTAL GERAL DOS GASTOS PARA DUAS PESSOAS EM 25 DIAS (alojamento/transporte/alimentação)

R$ 7.504,00 = R$ 300,16 por dia = R$ 150,08 por pessoa

(câmbio US$ 1,96 na época = Total em US$ 3.828,57)  

CIDADES PRINCIPAIS DE PERCURSSO

(Os números indicados entre parênteses indicam os dias de permanência na cidade em Camping)

Barcelona - Es, Zaragoza  - Es (1), Pamplona - Es, San Sebastián - Es, Zarautz - Es (1), Gijón - Es (1), Santiago de Compostela - Es (11), Madrid - Es (1), Calella - Es (1), Bollene -Fr (1), Galliate - It (1), Punta Sabbioni/Veneza - It (4), Galliate - It (1), Aix En Provence - Fr (1), Barcelona - Es (1)

PERCURSOS / CONSUMO

KM PERCORRIDOS: 5.325 km

CONSUMO DE COMBUSTÍVEL - DIESEL: 629,84 litros

CONSUMO KM / L: 7,964 KM/L

PERCURSOS         

KM  Rodados

Horas de Viagem

BARCELONA / ZARAGOZA

324

04:50

ZARAGOZA / ZARAUTZ

305

05:00

ZARAUTZ / GIJON

380

07:40

GIJON /  SANTIAGO DE COMPOSTELA

331

07:00

SANTIAGO DE COMPOSTELA / MADRI

634

10:00

MADRI / CALELLA (20 km após Barcelona)

717

12:00 (Saída de Madri congestionada, parada em Centro Comercial e muita chuva em Barcelona)

CALELLA / BOLLENE

428

08:15

BOLLENE / GALLIATE

446

08:00 (Travessia dos Alpes franceses até 2000 metros de altura em estrada íngreme e estreita)

GALLIATE / PUNTA SABIONI (VENEZA)

369

05:30

PUNTA SABIONI / GALLIATI

366

05:00

GALIATI / AIX EN PROVENCE

510

07:30

AIX EN PROVENCE / BARCELONA

515

07:15  

 

CAMPINGS DE PERMANÊNCIA

CIDADE

CAMPING

CLASSIFICAÇÃO

ZARAGOZA - Es

CASABLANCA

modesto (na cidade)

ZARAUTZ - Es (País Basco)

GRAN CAMPING ZARAUTZ

Bom (beira mar Cantábrico- Golfo de Vizcaya -central)

GIJON - Es

CAMPING MUNICIPAL DEVA

Bom

SANTIAGO DE COMPOSTELA - Es

AS CANCELAS

Ótimo (central)

VILLAVICIOSA DE ODON (MADRI)- Es

ARCO IRIS

Bom

CALELLA - Es

BOTANIC BONA VISTA

Bom (beira mar Mediterrâneo)

BOLLENE - Fr

SIMIOUNE

Modesto - campestre

GALLIATE - It

PLAYA DE VAL VERDE

Regular (beira rio Ticcino)

PUNTA SABIONI (VENEZA) - It

MIRAMARE

Ótimo (beira da Laguna deVeneza e Mar Adriático - 45 minutos de Vaporeto (barco) de Veneza)

AIX EN PROVENCE - Fr

CHANTECLER

Bom (central)

PAGAMENTO DE DESPESAS

Pode-se pagar quase tudo com Cartão de Crédito (=CC), inclusive pedágios das estradas e autovias.

Há alguns Campings que não aceitam CC por isso é sempre bom se ter alguma moeda em espécie do país e/ou US$ que é cambiável em qualquer lugar.

MOEDAS  servem para comprar miudezas em máquinas de auto-serviço (cigarros, doces, cafés, etc.) e devem ser utilizadas antes de se sair do País, pois não fazem câmbio delas.

IMPRESSÕES E OBSERVAÇÕES DA VIAGEM

RODOVIAS

Inicialmente queremos deixar a nossa constatação sobre as ótimas estradas que percorremos - 5.325 km - tanto as Autopistas quanto as Nacionais, Regionais e secundárias. Todas de excelente qualidade em todos os sentidos: leito carroçável, sinalização, indicações de cidades/lugares/sítios diferenciados/ etc., apoio ao motorista, segurança, etc. Não há propagandas para não desviar a atenção dos motoristas. Na Espanha, a única propaganda permitida nas estradas é uma figura muito bonita de um Touro negro e mesmo assim não muito freqüentes. Nas Autopistas, em um Motorhome, freqüentemente estávamos em velocidades superior a 100 km/h.

RODOVIAS COM NUMERAÇÃO TIPO "A55" - AUTOPISTAS QUE COBRAM PEDÁGIOS - com três pistas de rolamento em cada mão de direção - Áreas de Descanso - Áreas de serviços com combustível/bar/restaurante.

Há dois tipos de cobranças que podem ou não ser automáticas.

a) No início da Rodovia

b) No fim da Rodovia, neste caso ao se entrar na Autopista retira-se um tíquete que é entregue ou colocado em uma máquina na saída da Autopista juntamente com o Cartão de Crédito, sendo cobrado pelo percurso feito.

RODOVIAS COM NUMERAÇÃO TIPO "E55" "SS55": RODOVIAS INTERNACIONAIS, NACIONAIS, REGIONAIS SEM COBRANÇA DE PEDÁGIOS

CAMPINGS

Quanto aos Campings, em sua maioria, eles possuem um ótimo suporte para os campistas, tais como:

* área para estacionamento de trailers, motorhomes, armação de barracas

* supermercado, venda de gás, lavadora de roupas, secadora de roupas

* banheiros completos com duchas, secadores de cabelos

*  pias para lavar pratos, tanques para lavar roupas - tudo com água quente

*  piscinas, campos esportivos

*  conexão elétrica 220 v para os veículos

*  restaurante, bar, máquinas de café, cigarro, sala de TV

*  abastecimento de água para os Motorhome, recebimento de águas servidas, despejo de WC químico

*  aluguel de tendas, de bangalôs, bicicletas, caixa forte

A VIAGEM - DIÁRIO

Saímos do pátio da Euromotorhome, em Barcelona, sul da Espanha, por volta das 10 horas em direção a Zaragoza, norte da Espanha.

Aí começamos a aprender um montão de coisas: como pagar pedágios, como ler e entender as indicações rodoviárias, como auto-abastecer o Motor Home (MH) em gasolineras sem interferência de frentista, etc., verdadeiras aulas práticas de 1º mundo.

É em Zaragoza que se encontra a Catedral da Virgem do Pilar. Cidade pequena mas muito bonita.

Neste primeiro dia tivemos que abastecer o Motorhome com alimentação, produtos de limpeza, etc., o que fizemos em um pequeno supermercado (tenda) da cidade e perto do Camping.

Passamos o resto do dia aprendendo a utilizar os diversos serviços que havia dentro do MH - ler manuais-, fogão, geladeira (podia-se ligar na bateria do MH ou na energia do Camping), boiler, ligação de energia externa, central de energia elétrica e de abastecimento de água, limpeza do WC químico, abastecimento de água potável, desabastecimento de água servida, foi um treinamento intensivo de poucas horas.

Tomamos contato, também, pela primeira vez com um Camping europeu e seus serviços. Este de Zaragoza era bem modesto e com diversos serviços desativados devido à estação baixa. Pegamos uma temperatura de 5º durante a noite. 

No dia seguinte, passando por Pamplona e San Sebastian, seguimos para Zarautz - Região do País Basco - onde está a Hospedaria do Cozinheiro Karlos Arquillano, muito conhecido em toda a Espanha.

Vale aqui fazer menção sobre San Sebastian, cidade localizada a beira mar, no norte da Espanha no Golfo de Vizcaia, muito bonita e moderna e foi nesta cidade onde fomos pela primeira vez em um Centro Comercial (Shopping) muito grande e moderno, para completarmos alguns itens (balde de limpeza, pano de chão, toalhas de banho, pano para secar louça, toalhinhas de mesa) que estavam faltando em nosso Motorhome.

O camping de Zarautz já era de uma classificação superior e bem mais equipado e em uma situação geográfica espetacular, pois ficava em uma pequena elevação ao lado da baia de Zarautz, com uma visão muito bonita de toda a praia e as 8 horas da noite ainda havia sol.

No dia seguinte partimos para Gijon onde ficamos em um camping nos arredores da cidade. Este já era bem superior aos dois anteriores em todos os aspectos.

Aí aprendemos pela primeira vez a higienizar o WC químico. Pelo lado de fora do MH há um compartimento de onde se destaca uma caixa plástica onde ficam depositadas todas as necessidades fisiológicas. Leva-se esta caixa ao banheiro do camping em um local especialmente construído e adaptado para este tipo de limpeza. Tudo muito limpo e tecnicamente perfeito sem que se tome contato com os dejetos. Lava-se e coloca-se dentro da caixa um produto químico que não deixa exalar qualquer tipo de cheiro, pelo contrario fica um odor muito agradável. Técnica de primeiro mundo!!!!

No percurso entre Zarautz e Santiago de Compostela, a beira das estradas, há fabricas de Sidra e de Embutidos de se tirar o chapéu. Houve dias que jantamos embutidos crus e fritos com aquele pão crocante acompanhado de sidra (1 litro para cada um)!!!!

Em toda a região da Cantábria são servidos muitos pratos com frutos do mar, deliciosos.

Na região de Santiago de Compostela - Galícia - há tortas - empanados - supimpas, de carne, de presunto, de camarão, de bacalhau, etc. além do famoso bolo de Santiago que deve ser comido acompanhado de Sidra ou de um Vinho Licoroso da região.

Em toda a Espanha compra-se vinho e sidra de boa qualidade, barato, em supermercados, em caixas de papelão, é praticamente equiparado à água. Nos 25 dias de viagem não tomamos água, só vinho e/ou sidra. Pode uma coisa dessas???

O trajeto de chegada em Santiago de Compostela - uns 100 km antes - é verdadeiramente emocionante, pois vai se cruzando com inúmeros peregrinos que estão fazendo o "Caminho de Compostela", com suas mochilas e seus cajados, em grupos, sozinhos, idosos, moços, jovens. É muito emocionante, as lágrimas chegam sem você sentir. Buzina-se e eles acenam, isto durante todo o percurso.

A Catedral de Santiago é espetacular e no final da Missa do Peregrino, todos os dias às 12 horas, há o "fumeiro" que é um turíbulo de enormes proporções, preso no alto da nave central, e que é balançado por seis homens e incensa toda a igreja.

Na missa estão os peregrinos que chegaram na cidade desde o dia anterior até aquele momento. Com suas mochilas, cansados, chorando, rindo, é outro momento de grande emoção em que todos se vêem envolvidos e haja lágrimas novamente!!!!

O Camping de Santiago de Compostela é de Primeira qualidade. Os banheiros são todos de granito e extremamente limpos, senta-se em um vaso sanitário sem o menor constrangimento e com toda a segurança da higiene. Aliás, isto acontece em 99% dos Campings europeus. Há água quente nas pias de lavar louça e tanques para lavar roupas o tempo todo. Há lavadoras e secadoras de roupas que funcionam mediante a colocação de moedas. Há supermercado interno para suprimentos, abastecimento de água para os Motorhome. O suporte é completo.  

Santiago de Compostela é uma cidade encantadora e aqui vamos a alguns acontecimentos:

1 - Ao passearmos um dia, pelo Centro Comercial que havia perto do camping, onde estava acontecendo uma festividade infantil a música que estava sendo cantada pelas crianças era nada mais do que a musica da Xuxa "Ilari Ilari iê" !!!

2 - Neste mesmo Centro Comercial havia um Supermercado em que os carrinhos de compras ficavam presos uns aos outro por uma corrente. Para liberarmos o carrinho colocava-se uma moeda de Pesetas 200,00 e a corrente era liberada ficando presa a moeda. Quando se devolvia o carrinho e engatava-se novamente a corrente a moeda era liberada. Desta forma, não haviam carrinhos espalhados pelos cantos e pátios, estavam sempre todos juntos e no mesmo lugar.

Agora, vamos cruzar toda a Espanha, com uma parada técnica em um camping de Madri e nos dirigirmos para o sul da Espanha em uma outra região - a Catalã - simplesmente encantadora.

Há uns 20 km de Barcelona em direção à França nas costas do mar Mediterrâneo existem pequenas cidades que servem de dormitório para os que trabalham em Barcelona. São muito bem servidas por ótimos trens, de meia em meia hora. São cidades como: Arenys de Mar, Sant Pol de Mar, Calella, Peneda de Mar, etc. São lugares turísticos e com ótima estrutura de Campings, Hotéis, Restaurantes, etc., e praias bonitas. Lugares muito prazerosos e com vistas lindas.

Desta região, prosseguimos para a França em uma cidade chamada Bollène, nas proximidades de Orange. Ficamos em um Camping Rural, que era também uma escola de equitação para crianças, com inúmeros pôneis. Apesar da simplicidade foi o Camping mais arborizado de toda a viagem. Não se via o céu de tantas árvores muito altas e à noite é uma completa escuridão. Ele é completamente cercado por vinhedos.

No percurso do dia seguinte, para a Itália, tivemos uma das mais espetaculares e diferentes experiências de nossas vidas.

Em vez de seguirmos por estradas principais escolhemos estradas secundárias (D94 - D994) em direção a Torino. No percurso inicial, passando por Nyon e até Serres, a região é de vinhedos durante todo o trajeto e, se fosse possível, pararíamos em umas 5 "Caves" para fazer degustação de vinhos, mas como estávamos dirigindo ficamos no só "ora veja"!!! Um dia voltamos lá só para ficar na região!!! Seguindo adiante a estrada passou a subir até encontrarmos outra maravilha encravada no meio das montanhas, um lago enorme, simplesmente espetacular, de águas super limpas e azuis, cercado por umas quantas pequenas vilas com casas com telhados inclinados. Continuando, passamos por pequenas cidades como Gap, Briançon.

A estrada já estreita e sinuosa começava a subir ainda mais, com escarpadas altíssimas e em alguns trechos passando por dentro da rocha escavada e, já começando a surgir, encravadas nas encostas da estrada, pequenos blocos de espuma branca.  Quando demos por nós, estávamos a aproximadamente 2.000 metros de altitude e completamente cercados por gelo e neve, tudo branco. Simplesmente espetacular!! Estávamos, sem saber, nos Alpes franceses já quase no limite com a Itália próximo a duas cidadezinhas chamadas Montgenevre e Clavieres. Foi uma grande alegria e emoção, pois não contávamos com este presente. Paramos, tiramos fotos e filmamos para provar que tínhamos estado lá!!!!

Continuamos a viagem já aliviados das estradas estreitas e íngremes, passando por Torino e seguindo em direção ao próximo camping localizado em Galliate, uns 20 km antes de Milão.  

Este camping fica à beira do rio Ticino e é também bastante rústico. O camping oferece entre outros divertimentos passeios de caiaque pelo rio, aluguel de bicicleta para passeios nas estradas ao redor aonde vimos várias pessoas passeando em charretes de modelos antigos, uma beleza!! Aí tivemos dois problemas, o primeiro foi o de enfrentar mosquitos até que anoitecesse, era um verdadeiro exército e o outro foi à noite, que ficamos quase sem dormir, pois havíamos estacionado o Motorhome em baixo de umas arvores em que davam umas castanhas e que, com o vento, de tempos em tempos, as derrubavam em cima do teto do Motorhome nos dando sustos e nos acordando a cada queda. 

No dia seguinte, passamos por Milão e seguimos rumo a Punta Sabione (Veneza).

Punta Sabione - Litorale Del Cavallino - é uma localidade situada do lado oposto a Veneza, do outro lado da Laguna de Veneza, no limite do Mar Adriático. Quem conhecer este lado da região nunca mais irá a Veneza para ficar no lado do continente próximo a cidade de Mestre.

Ficamos em um camping também de primeira qualidade - Miramare - e a 500 metros da estação dos Vaporetos. 

Ia-se para Veneza em 45 minutos com uma parada, após 15 minutos de percurso, na Ilha de Lido de Venezia, só isto era um passeio magnífico. Tem-se que tomar muito cuidado para visitar Veneza, isto só deve ser feito com maré baixa, caso contrário encontraremos a cidade toda inundada e de difícil acesso para tudo, pois o trânsito de pedestres é feito sobre passarelas estreitas de madeira, com milhares de turistas, ficando muito ruim e demorado, perdendo-se muito tempo para percorrer poucos metros. Não é aconselhável só se quiser ver a cidade cheia de água.

Em Veneza tivemos outra experiência gastronômica inédita. Durante a viagem de avião, lendo uma revista da Cia. Aérea, tomamos conhecimento da existência de um doce chamado "bába", que pela fotografia e descrição devia ser uma delicia. Não é que passeando pela cidade, descobrimos que aquele dia era o festival do tal doce "bába". Não tivemos dúvidas e fomos atrás dele para experimentar. Pô, meu!! É uma delicia, lembra um pouco a massa de um rocambole muito macia e super embebida em uma calda com rum. É de rachar o bico!!!!! Não podemos deixar de mencionar também os "gelato" - sorvete - que saboreamos sentados nos degraus da Praça de São Marcos vendo as pombas pousando em cima dos turistas.

Deve-se visitar as ilhas de Murano, Burano e Torcello, lindezas da época de Marco Pólo.

Depois de 4 dias andando pela região de Veneza iniciamos o caminho de volta para Barcelona.

A primeira parada foi novamente em Galliate. Desta vez estacionamos o Motorhome fora das árvores para não sermos acordados durante a noite com as quedas das castanhas. Os mosquitos continuaram os mesmos.

Pelo meu roteiro inicial, no dia seguinte deveríamos seguir para Bollene. Entretanto, a minha esposa não quis passar novamente pelos Alpes por causa das escarpadas altíssimas e estradas estreitas e íngremes, além de estarem à beira de precipícios. Ela ficou com medo das alturas!!!!! Desta forma, tive que na noite de Galliate escolher / improvisar um novo roteiro. Assim tomamos um percurso em direção ao Mediterrâneo. Passamos por Novara, Vercelli, Alessándria, até a Riviera di Ponente e seguimos à beira do Mediterrâneo, passando por San Remo, Monte Carlo, Mônaco, Cannes até a Cidade de Aix em Provence, onde pernoitamos em um outro Camping de primeira ordem e praticamente no centro da cidade. Foi uma pena que pelo longo percurso que fizemos, quando chegamos só pudemos explorar as imediações do Camping onde compramos dois tipos de pães bem regionais e deliciosos. Pelo que notamos de passagem a cidade é uma graça e, no futuro, compensa uma nova visita.

No dia seguinte, tomamos a direção de Barcelona, onde terminaria o nosso roteiro, passando por Nimes, Montpellier, Perpignan, entramos na Espanha e chegamos em Barcelona onde passamos a noite no estacionamento da empresa que nos alugou o Motorhome - EUROMOTORHOME.

Vale aqui acrescentar que foi com grande dor no coração e muita saudade que entregamos o MH. Nele vivemos, dormimos e cozinhamos com muito conforto. Afinal ele nos levou durante 25 dias a lugares e regiões que nunca havíamos pensado em nossas vidas, sem qualquer problema.

O QUE APRENDEMOS

SOBRE O IDIOMA: O SIGNIFICADO DE ALGUMAS PALAVRAS EM ESPANHOL

MOTORHOME = MOTORCARAVAN

AUTOMOVEL DE PASSEIO = TURISMO

SHOPPING = CENTRO COMERCIAL

POSTO DE GASOLINA = GASOLINERA

DIESEL = GASOIL

LINGÜIÇA = CHORIZO

PRENDEDOR DE ROUPAS = PINÇAS

GUARDANAPO DE PAPEL =  SERVILLETAS

VASSOURA =  SEPILLO

TENDA =  LOJA

PARA FUTURAS VIAGENS DE MH

* Fazer percursos diários só de 300/400 km aproximadamente

* Ficar no mínimo 2 dias em cada Camping para que se possa melhor explorar as redondezas / cidades.

Finalmente,

QUE A VIDA É LINDA E MERECE SER MUITO BEM VIVIDA E O MUNDO ESTÁ A NOSSA DISPOSIÇÃO.

FIM DA AVENTURA

Quaisquer informações complementares poderão ser solicitadas através de nosso e-mail.

 

BOA VIAGEM!

VOLTAR

Inicial | Advogado e Calc. Trabalhista | Advogados Associados | Psicoterapia OnLine | Recursos Humanos | Poesias OnLine | Jogos/Downloads/MP3 | Estrela da Manhã | Noite Inusitada | Homenagem ao Maior Amigo | Dicas de Português | Tour e Folclore de PE | Brasil: São Paulo até Recife | 1ª Viagem Internacional | Europa: Espanha até Portugal | Europa I: 25 dias de Motorhome | Europa II: Espanha - Portugal | 19 dias de Trem pela Espanha | Dicas e Contatos na Europa | Família Homem de Mello | História do Homem de Mello | Genealogia Homem de Mello | Genealog. Mario Homem de Mello | Destaques na Família | Contatos Homem Mello | E-mail